Blog: Toda cidade pode e tem o direito a qualidade de vida

By | sexta-feira, abril 08, 2011 Leave a Comment




Para o arquiteto Jaime Lerner qualquer cidade pode, sim, oferecer qualidade de vida para sua população
em até três anos, basta vontade


Na primeira edição da CICI, em 2010, ele expôs suas ideias sobre acupuntura urbana e planejamento a longo prazo, e deixou a plateia  intrigada, inspirada e satisfeita. Neste ano, o arquiteto e urbanista Jaime Lerner, que também é conselheiro do Planeta Sustentável, volta à CICI2011 para falar sobre “Um panorama inovador e sustentável para as cidades brasileiras”.
O tema deste ano sugere a reflexão e a busca por práticas que visem o desenvolvimento das cidades sem que seja necessário abrir mão da sustentabilidade social, econômica e ambiental. Em qualquer lugar que Jaime Lerner fale das suas ideias e realizações enquanto arquiteto, urbanista e gestor público, a principal frase é "cidades não são problemas, são soluções". Para ele, elas são feitas para as pessoas e qualquer uma pode melhorar a qualidade de vida de sua população num prazo de três anos, desde que faça uso de boas estratégias. Em entrevista concedida ao jornalista Cesar Machado, para a Band TV, Lerner ressalta que as mudanças podem acontecer desde que haja vontade, solidariedade e estratégia. “É preciso saber transformar cada problema e, a partir dele, criar uma solução. Um bom exemplo é o transporte urbano de Curitiba que funciona tão bem que hoje são mais de 81 cidades em todo o mundo implantando sistemas parecidos”, afirmou Lerner.
O urbanista alerta que a falta de planejamento urbano coloca em risco a sociedade e também o meio ambiente. Segundo ele, o processo de planejamento de uma cidade leva tempo e precisa assim, mas as ações pontuais podem ajudar a criar energia para esse planejamento. Isso é o que Lerner define como acupuntura urbana, ações pontuais e rápidas. "A Ópera de Arame é um exemplo de acupuntura urbana, um teatro que foi construído em dois meses, em uma antiga pedreira e que contribui culturalmente para mudar a cidade”, exemplificou o arquiteto. Ele defende que a cidade sustentável deve gastar menos e tentar ao máximo reutilizar recursos, mesmo que seja em pequena escala. “Começar com projetos pequenos, ações pequenas, no futuro se mostram responsáveis pelas maiores transformações das cidades” finaliza.





Local: Pavilhão Horácio Coimbra
Data: 18 de maio
Horário: 19h

II Conferência Internacional de Cidades Inovadoras – CICI2011
Data: 17 a 20 de maio de 2011
Local: Centro de Inovação, Educação, Tecnologia e Empreendedorismo do Paraná (CIETEP/FIEP) – Avenida Comendador Franco, 1341 – Jardim Botânico – Curitiba – Paraná – Brasil.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postar um comentário

Comente com sua conta do Facebook