Tuítes de Executivos do Setor da Construção (14 a 20 de junho/2011)

By | segunda-feira, junho 20, 2011 Leave a Comment

Esta última semana foi movimentada. Muitas discussões e novidades sobre os programas de incentivo do Governo, economia nacional, sobre a visão equivocada de existência de uma bolha imobiliária e sobre a crise que se aproxima de forma mais forte da Europa.

Abaixo, seguem alguns tuítes que revelam a visão de alguns dos principais executivos do setor da construção civil na semana de 14 a 20 de junho de 2011, sobre estes temas.. 

Confiram!

Luiz Henrique Lessa
"Hoje somos um mercado muito estável. O que garante credibilidade para os investidores."
"Depois de crescer vertiginosamente, o mercado agora está entrando na fase de equilíbrio. Por isso que não existe bolha imobiliária."



"Só no MCMV 2 serão 600 mil aquecedores solares, 160 milhões m2 de revestimentos cerâmicos equivalente a 30% da produção brasileira por um ano."
"O governo exige. O empresário paga a conta e a multa porém não existem formas de se executar as exigências. Quem topa entrar nesta briga?"


Rubens Menin

"Produção de minério na China está crescendo rápido,o que é ruim exportações brasileiras. Sorte nossa que a qualidade do minério deles é ruim."
"Se ainda existia dúvida s/ economia Europa, já não mais existe. A crise vai ser muito feia. Precisamos agora entender quais serão os reflexos."
"Existe muita gente usando o seguro desemprego e trabalhando sem carteira assinada, dando o golpe no Estado. Precisa ser melhor fiscalizado."
"O MCMV, além de importante p/ economia,é fundamental lado social,dando condições p/ famílias educarem filhos em local saudável e digno."



"Entraves e dificuldades do MCMV não devem prejudicar os ajustes feitos nessa 2ª fase. A continuidade do programa é fundamental neste momento."
"O certo é que o MCMV2 chega como estímulo para o mercado interno e empolga até investidores estrangeiros, como o grupo português Vila Galé."
"Não é possível que, ainda hoje, algumas construtoras dêem início a lançamentos, onde quer que seja, sem pesquisa prévia!!!"
"O governo não pode baixar a guarda com a inflação...Apesar dos sinais de arrefecimento, os dados mostram que a demanda continua robusta."

"Ao contrário da China, que acumula reserva em função do saldo positivo comercial, o Brasil acumula em função de investimentos estrangeiros."
"Só 20% dos investimentos estrangeiros no Brasil são diretos (IED). O resto é de curto prazo e/ou especulativo."
"Vários investidores internacionais têm me dito nos últimos tempos que sua maior preocupação é a desvalorização do Real."

Boa semana!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial