Valorização imobiliária chama a atenção em Campo Mourão

By | quarta-feira, junho 22, 2011 1 comment

Basta andar pela cidade de Campo Mourão, na área central e também nos bairros, para verificar o bom momento que atravessa a construção civil no Município, com obras residenciais e comerciais de todos os portes em andamento. 

Também é grande o número de novos loteamentos e empreendimentos habitacionais em andamento ou em fase de lançamento. Outro fator que comprova esse aquecimento do setor é a grande valorização imobiliária no Município, com os investimentos realizados apresentando significativos ganhos em curtíssimo prazo. A rápida valorização se verifica não apenas em edificações concluídas, mas também em obras em execução e até em empreendimentos que sequer foram iniciados. 

O mesmo acontece com terrenos adquiridos em áreas mais nobres ou em loteamentos populares. No Condomínio “Dona Lurdes Piacentini”, em construção na Asa Leste de Campo Mourão, os apartamentos foram vendidos a R$ 75 mil e já valem R$ 86 mil. A entrega do empreendimento, financiado pela Caixa Econômica Federal (programa Minha Casa Minha Vida), está prevista para fevereiro do próximo ano. Terá oitenta apartamentos em cinco blocos e o condomínio destaca-se não apenas pela excelente localização, mas também pela estrutura de lazer e convívio social. 

A rápida valorização também se observa no Moradias “Milton de Paula Walter”, que começa a ser edificado pela Construtora Piacentini em breve nas imediações do jardim Modelo. As unidades da primeira parte do empreendimento foram vendidas por R$ 53 mil e já valem R$ 57 mil. O engenheiro Nilmar Piacentini, diretor da Construtora Piacentini, acentua: “Sem contar que quem compra unidades no empreendimento ganha no ato da assinatura do contrato com a Caixa Econômica Federal um desconto no valor de até R$ 13 mil, que deve ser considerado como valorização. Afinal, se comprou por R$ 75 mil e teve um desconto de até R$ 13 mil, significa que pagou de fato R$ 62 mil e hoje o valor de venda é de R$ 86 mil. Isso dá uma valorização, em um ano, de mais de 35 por cento”, conclui.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Construtora Piacentini
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial