Projetos de arquitetura sustentável podem ser certificados

By | segunda-feira, julho 22, 2013 Leave a Comment
Arquitetos apostam em soluções com baixo impacto ambiental em obras residenciais e comerciais

A expansão do mercado da construção civil no Brasil trouxe a consequente busca por “projetos verdes”, ou seja, com menor impacto possível ao meio ambiente. O crescimento dessa demanda está levando profissionais a se especializarem cada vez mais no segmento a fim de garantir obras conscientes e eficientes no uso de recursos como água, energia elétrica e materiais; na gestão dos resíduos, além da prevenção da poluição, entre outros itens apoiados no tripé ambiental, econômico e social.

“Buscamos inserir os novos projetos a essa realidade contemporânea. Precisamos estar sempre atualizados no sentido de atender as necessidades dos clientes e, paralelamente, dar nossa contribuição à saúde do planeta, com edificações que sejam referências”, comenta o arquiteto Guto Biazzetto, da Gambiarra Arquitetura, que está se especializando no Processo AQUA de Construção Sustentável, da Fundação Vanzolini, uma das mais respeitadas instituições educacionais do setor, mantida e gerida por professores da USP. “A certificação é uma forma de garantir que todos os quesitos foram seguidos à risca, além de dar mais credibilidade ao projeto sustentável”, explica.

Projeto Curitiba

Projeto Curitiba
Mas não é apenas em novas construções que esse tipo de iniciativa está ganhando peso. As já existentes também estão buscando melhorias com alterações viáveis que podem render a conquista do reconhecimento. É aí que entra a experiência de um profissional com capacidade técnica para realizar as mudanças necessárias sem causar transtornos, otimizando a obra. “Não podemos esquecer que cada tipo de construção e/ou edificação é avaliado individualmente e tem vários pontos a serem levados em consideração. Um edifício de escritórios demanda detalhes de execução diferentes de um hotel ou uma residência, por exemplo. Mas queremos que nossos clientes estejam embasados para buscar projetos mais sustentáveis ou adaptar os seus, podendo se certificar pelo Processo AQUA”, destaca o arquiteto.

Comprovação internacional
No exterior, a reconhecida certificação americana LEED, sigla que significa Liderança em Design Ambiental e Energia, é concedida em diferentes níveis e após análises de diversas categorias de um projeto. Assim como a francesa Démarche HQE, na qual a AQUA se baseia e que é considerada uma das mais importantes do mundo.

A certificação só ocorre após auditorias presenciais da instituição certificadora e esse processo dura meses, dependendo do tipo da obra.

Sobre a Gambiarra

Com matriz em Curitiba/PR desde 2002, os sócios e arquitetos Guto Biazzetto e Carolina Espezim enxergaram em Campinas um potencial para expandir os negócios e, junto com a arquiteta Alida Weidman iniciaram suas atividades na cidade e região em 2013.

Considerado um dos principais escritórios de arquitetura do sul do Brasil, a Gambiarra agrega projetos que tenham a integração da arquitetura com o meio em que as pessoas vivem, buscando conceitos arrojados e inovadores, de acordo com a necessidade e a preferência dos clientes.

Seus profissionais passam por constante aperfeiçoamento e atualização de tendências e novidades a fim de oferecer o que há de melhor e mais atual no mercado. Os sócios Guto e Carolina levam na bagagem experiência acumulada na Itália, estudando e trabalhando em Milão de 2006 a 2008, além de projetos publicados em anuários de arquitetura e revistas nacionais do segmento e participação nas mais importantes mostras de decoração e design nacionais e internacionais.


Fonte:
Gustavo Zielonka
(41) 8864-2486

Fabiana Schoqui
(19) 9609-8199
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial