Imóveis novos valorizaram 10,2% e estoque atingiu o menor patamar do ano em Curitiba

By | terça-feira, fevereiro 11, 2014 Leave a Comment
Vista aérea de Curitiba
Valorização anual de 10,2% dos apartamentos residenciais novos em Curitiba e o menor número de unidades em estoque do ano. Esses são os principais dados de dezembro de 2013, segundo pesquisa mensal da Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi/PR), divulgada nessa terça-feira (11/2). Em valores nominais, o preço médio do metro quadrado privativo dos lançamentos ficou em R$ 5.680,08. No período, havia 10.490 unidades disponíveis para a venda.


As unidades de três dormitórios acumularam o maior reajuste em dezembro do ano passado (12,1%), chegando a R$ 5.651,65 o metro quadrado privativo. A valorização também foi acima da média para os apartamentos de um dormitório, studios e lofts que registraram alta de 11,2%, com preço do metro quadrado privativo a R$ 6.068,17. Os imóveis novos de dois e quatro dormitórios foram corrigidos na mesma proporção (8,1%), com metro quadrado privativo de R$ 5.257,96 e R$ 7.578,29, respectivamente.

“Os dados confirmam a nossa previsão de valorização dentro de um percentual de 7% a 10% para os lançamentos e afastam as especulações de uma possível bolha no mercado imobiliário. Os imóveis novos devem continuar a valorizar em Curitiba, dentro de um patamar de regularidade, acima da inflação. Os lançamentos também devem se intensificar na capital, algo entre seis e oito mil novas unidades”, comenta o presidente da Ademi/PR, Gustavo Selig.

Na variação mensal, os imóveis novos na capital paranaense tiveram reajuste de 0,5% em dezembro de 2013. Os apartamentos de três dormitórios acumularam a maior alta no período (0,6%). Os imóveis novos de dois dormitórios foram corrigidos em 0,6%, os de quatro dormitórios em 0,1% e os de um dormitório, studios e lofts ficaram com preço praticamente estável, com atualização de 0,05%. “Os números evidenciam a estratégia das construtoras e incorporadoras em investir em lançamentos de dois e três dormitórios, mais tradicionais, no fim do ano. Acreditamos que essa será a tipologia predominante nesse ano”, avalia Selig.

Considerando os imóveis novos disponíveis para a venda em dezembro, o Campina do Siqueira permaneceu com o maior valor médio do metro quadrado privativo para apartamentos de um dormitório, studios e lofts (R$ 8.404,00). O Batel continuou com o maior metro quadrado privativo para apartamentos de dois e três dormitórios, de R$ 8.511,00 e R$ 9.442,00, respectivamente. Entre os apartamentos de quatro dormitórios, o Ecoville desbancou o Cabral da liderança, chegando o preço do metro quadrado privativo a R$ 8.570,00 na região.

Estoque – A capital paranaense atingiu o menor patamar de unidades novas em estoque em dezembro de 2013, com 10.490 apartamentos novos disponíveis, ou seja, 29,2% em relação à oferta, que considera os imóveis lançados e em comercialização desde 2007. Os dados da Ademi/PR revelam que, tendo janeiro de 2013 como mês de referência, a quantidade de unidades em estoque na capital paranaense teve queda de 5,6% em dezembro, mesmo percentual de crescimento da oferta no período, que totalizou 35.916 imóveis.

“O momento sugere um ajuste natural entre oferta e demanda. O mercado imobiliário paranaense atingiu a sua maturidade, compondo um cenário de novos lançamentos, redução gradual de unidades em estoque e valorização. As vendas estão acontecendo, numa velocidade adequada a um contexto de multiplicidade de opções”, comenta o presidente da Ademi/PR, Gustavo Selig.

Considerando os últimos 12 meses, o estoque de imóveis novos em Curitiba teve redução de 9,1%, especialmente para os apartamentos residenciais com preço de R$ 170.001,00 a R$ 400 mil. No mesmo período, a oferta na capital acumulou crescimento de 5,6%, com destaque para os empreendimentos de padrão médio (preço de R$ 400.001,00 a R$ 600 mil) e de luxo (acima de R$ 1 milhão).

O levantamento da Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi/PR) de janeiro a dezembro de 2013, contou com uma amostra de 317 empreendimentos e 10.490 apartamentos residenciais novos (na planta, em construção ou concluídos), à venda por construtoras, incorporadoras e imobiliárias em Curitiba.

Fonte: ADEMI-PR
contato@memilia.com
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postar um comentário

Comente com sua conta do Facebook