@edvaldocorrea
Airbnb pagará US$ 100 mil para projetos de design excêntricos Airbnb pagará US$ 100 mil para projetos de design excêntricos

Airbnb pagará US$ 100 mil para projetos de design excêntricos

Nos últimos dias chamou a atenção do mercado a aposta do AIRBNB em reforçar a oferta aos seus usuários de opções de hospedagem mais inusitadas. É uma grande variedade de casas excêntricas, que incluem habitações com formatos de disco voador, batata gigante, submarino amarelo e outros. 

Aqui no Brasil você consegue buscar outros espaços diferenciados pelo filtro "UAU"

Para demonstrar que o AIRBNB acredita na ideia a empresa lançou recentemente um programa que oferece dinheiro para quem estiver disposto a criar estas “experiências únicas”. Serão 100 projetos contemplados no mundo. Os anfitriões escolhidos receberão o equivalente a um valor fixo de US$ 100 mil para tirar suas ideias do papel.

Segundo o Airbnb, após a seleção da ideia, o candidato poderá compartilhar mais informações sobre o projeto, detalhando especificações, plantas do imóvel e vídeos.

A ideia é que os aluguéis nestes espaços rendam mais que a média anual aos anfitriões, que, segundo o Airbnb, é de US$ 13.800 nos EUA.

Quem estiver interessado em participar têm até o dia 22 de julho para se inscrever pela página do programa. Podem se inscrever anfitriões de um dos países elegíveis para o concurso. O Brasil, porém, não faz parte da lista. Os projetos serão julgados por especialistas em quesitos como originalidade, viabilidade, sustentabilidade e a experiência que proporcionará aos hóspedes.

Oferecer uma opção de hospedagem diferente também costuma render melhores resultados aos donos dos imóveis. Segundo o Airbnb, o ganho médio de um anfitrião da categoria "OMG!" foi de pouco mais de US$ 48 mil (cerca de R$ 250 mil) entre 2018 e 2022. 

Exemplos:

Bota de conto de fadas em Nelson - Nova Zelândia


O Ninho de Quetzalcoatl na Cidade do México, México

Big Idaho Potato Hotel em Boise, Estados Unidos


OVNI, disco voador futurista, Redberth, no Reino Unido


Submarino amarelo em Marton, Nova Zelândia


Sobre o autor:

Edvaldo Corrêa é Graduado em Tecnologia da Construção Civil pela UTFPR, Licenciado em Educação Profissional pela UFPR, Pós-graduado em Gestão de Escolas Técnicas pela UFSC; Técnico em Gestão de Negócios Imobiliários pelo IBREP e Técnico em Edificações pela UTFPR. Atua no mercado desde 1990, tendo trabalhado em grandes empresas como SENAI, SEBRAE, IVAI, PINI, Grupo Noster, Pioneira da Costa e Tecverde, em cargos técnicos e executivos. Em paralelo, profere, há anos, palestras sobre temas relacionados a indústria imobiliária em sindicatos, associações, conselhos regionais, empresas privadas, congressos, fóruns setoriais e universidades. Também escreve como convidado para revistas e portais como Imóvel Magazine, Invest USA 360, Destaque Imobiliário, Imóveis News e Instituto IBEI. Junto com Daniel Rosenthal é curador e organizador do Digital Real Estate Brazil.

Veja o perfil completo no Linkedin.

0 Comentários