Ação incentiva oferta de automóvel como moeda de troca para compra do imóvel novo em Curitiba

By | terça-feira, junho 28, 2016 Leave a Comment
O comprometimento de boa parte do orçamento das famílias brasileiras tem estimulado a adoção de outras alternativas de complementação da renda para a compra do imóvel pelos consumidores, como dar o automóvel como parte do pagamento. Com esse objetivo, a VistaCorp Empreendimentos Imobiliários e a Valente Incorporações lançaram uma campanha de incentivo a essa condição especial para a aquisição dos apartamentos do Barigui Woodland Park Residence, condomínio residencial com conceito de sustentabilidade próximo ao Parque Barigui, em Curitiba. 

Barigui Woodland Park Residence (obra). Crédito: divulgação 

Barigui Woodland Park Residence (fachada). Crédito: divulgação
O diretor da VistaCorp Empreendimentos, Rodrigo Gomes de Abreu, explica que são aceitos carros e motocicletas como parte da negociação para qualquer unidade do empreendimento, sem restrições de marca, modelo ou quilometragem. “Essa iniciativa surgiu de uma reivindicação dos próprios clientes. Ao oferecermos esse benefício de ele dar o automóvel como parte do pagamento com a incorporadora, nós estamos facilitando e flexibilizando seu planejamento financeiro, assim como ampliando o seu poder de compra”, comenta. 


O processo funciona da seguinte maneira: o cliente apresenta o automóvel (carro ou motocicleta) à incorporadora como parte do pagamento e é orientado a levar o veículo para avaliação e cotação junto à uma revenda especializada que é parceira da empresa. Essa avaliação é repassada diretamente para o cliente para aceite. Se o cliente aceitar a proposta, o veículo já fica com o lojista para a venda e o crédito desse valor é feito diretamente do lojista para a incorporadora, em nome do cliente, para abatimento do saldo devedor do imóvel. Dessa forma, todo o processo de transferência de titularidade do veículo e de análise da documentação é efetuada diretamente entre a revenda especializada e o cliente. 

No caso da compra na planta, o crédito obtido com a venda do automóvel pode ser usado para aumentar o valor da entrada ou amortizar as parcelas do pagamento da poupança, ou seja, do percentual do valor do imóvel que é pago à incorporadora durante o período de obras. No Barigui Woodland, a tabela sugerida pela empresa é de 30% do preço do apartamento para pagamento da poupança e de 70% para financiamento bancário. 

Além disso, Abreu ressalta que a incorporadora oferece bonificações ao cliente para a antecipação do pagamento, concedendo descontos crescentes e proporcionais à entrada. Ou seja, quanto maior o valor da entrada, maior o desconto. Esse cálculo é feito caso a caso, quando da apresentação da proposta pelo comprador no plantão de vendas. “A economia para o comprador é significativa. Como a entrada vai ser maior, o saldo a pagar será menor e o índice de correção que vai incidir sobre todo o saldo consequentemente será menor. Ele tem ganhos financeiros nas duas pontas: na entrada e no processo de pagamento da poupança”, explica o diretor. 

Foi dessa forma que o representante comercial Francisco Azambuja Jr. conseguiu trocar o imóvel. Ele trocou de estado civil, vendeu a casa em que morava e para sair do aluguel começou a procurar um apartamento próximo ao Parque Barigui num condomínio com infraestrutura de lazer que atendesse os filhos de seis e oito anos e tivesse segurança. Dar o carro como parte da entrada foi a alternativa para viabilizar a compra do imóvel na sonhada localização. 

“Numa condição diferenciada de outras empresas que eu tinha consultado, a incorporadora aceitou o meu carro como parte da entrada para a compra do imóvel. Era um carro de 2008, que já tinha sido rodado, o qual eu tentei vender, mas estava tendo dificuldade. Com essa possibilidade, eu consegui comprar o imóvel que eu queria e ainda não precisei me incomodar em vender o automóvel por conta própria”, revela Azambuja. 

A previsão de entrega do Barigui Woodland Park Residence é para segundo semestre de 2017. Até lá, os clientes que já compraram sua unidade podem dar o automóvel como parte do pagamento para amortizar as prestações e os que irão comprar também como parte da entrada. Atualmente, restam apenas 30% das 177 unidades do condomínio para venda, incluindo apartamentos tipo e Garden (com jardim privativo). As unidades com 2 dormitórios têm 56 m² de área privativa e as com 3 dormitórios têm 71m² de área privativa, e até três vagas de garagem. Os apartamentos Garden contam ainda com um terraço exclusivo de 48 a 71m². 

Serviço: 
até setembro, é possível visitar o apartamento decorado no local (R. Tobias de Macedo Júnior, 1.138). 

Informações: (41) 3273-7733 ou www.bariguiwoodland.com.br

Fonte: contato@memilia.com
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postar um comentário

Comente com sua conta do Facebook