25 de junho de 2011

Existe Bolha Imobiliária?



Nos últimos dias, houve muita discussão sobre um tema que gera um certo desconforto e muitas dúvidas no setor imobiliário.

Existe ou não uma BOLHA IMOBILIÁRIA no Brasil?

Primeiro, um artigo da EXAME , tratando de alguns sinais de que existiria a bolha. Em paralelo, alguns artigos e entrevistas com renomados economistas, também tratando do tema. Gostei da entrevista do Ricardo Amorim, para o Zero Hora.

E, na última quarta-feira, Virginia Dualibe (presidente da ABMI), conduziu um ótimo debate no Twitter  , sobre a existência ou não desta bolha. Esta discussão foi muito rica e mostrou o interesse do setor sobre o tema.

Abaixo, segue minha opinião, postado no blog em vários artigos durante os últimos meses, onde afirmo que HOJE não há bolha imobiliária e ainda existe espaço para crescimento do setor.

Vejam alguns pontos:

1 - crédito imobiliário no Brasil não chega a 5% do PIB;

2 - modelo de financiamento do país é baseado em "funding" nacional. E, segundo a ABECIP, 2 em cada 3 imóveis são financiados com recursos da caderneta da poupança;

3 - existe um déficit habitacional enorme, cuja demanda as construtoras ainda tem dificuldade de atender;

4 - no país há segurança jurídica e técnica (inúmeras leis foram criadas para proteger o consumidor final);

5 - os preços dos imóveis sempre foi muito baixa, em relação ao resto do mundo;

6 -  há espaço de financiamento imobiliário pelos bancos e fundos para a iniciativa privada;

7 - percentual de inadimplência é baixo; e

8 - Brasil tende a continuar crescendo.

Qual a sua opinião? Deixe seu comentário!

OBS: esta semana excepcionalmente não postaremos os tuítes de executivos e especialistas do setor.

Bom final de semana.

7 comentários:

  1. Olá Edvaldo,


    Discutimos este assunto na comunidsde Viabilidade de Projetos no CasaPro a um ano atrás, 2010: http://pro.casa.abril.com.br/forum/topics/bolha-brasileira?xg_source=activity

    Acho muito válida este retomada do assunto por conta do indicativo de retração no mercado de construção civil no início deste trimestre.

    Um abraço,


    Eng. Djalma Pessos

    htto://dppnengenhariaecustos.zip.net

    ResponderExcluir
  2. Muito bom Djalma. O tema está longe de ser uma unanimidade. Por isto, é importante termos a visão de economistas, empresários, consultores, profissionais do mercado imobiliário, Governo...

    Temos que continuar este debate. E, as diversas redes sociais podem contribuir para que isto aconteça, sem filtros.

    Um grande abraço. edvaldo

    ResponderExcluir
  3. Olá Edvaldo,

    Muito bom trazer tópicos como esses para refletir sobre o assunto da 'bolha'. Eu particularmente não acredito em 'bolha imobiliária' no Brasil, nem agora nem em futuro próximo.
    Mais linhas de crédito estão surgindo, Banco do Brasil entrando com mais expressão no mercado;
    Procura nacional é muito boa e a procura internacional tem aumentado;
    Os imóveis não estão se valorizando desordenadamente, teve um período digamos de congelamento nos valores do imóveis, que precisaram ser trazidos ao valor presente.
    Entre outros fatores, acredito que os Economistas se baseiam em alguns mercados que deram errado e perceberam algumas semelhanças com o momento do Brasil e também fazem somente a leitura dos números, deveriam consultar representantes do mercado imobiliário.

    Um abraço, parabéns pelo post,

    Rômulo Teotônio
    Consultor Imobiliário
    João Pessoa/PB

    ResponderExcluir
  4. Ótima síntese Rômulo. Grato pelos elogios e pelo comentário. Edvaldo

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Boa Noite.

    Achei muito bom seus comentários.
    Inclusive na semana passada, participei do debate da Virginia Dualibe via twitter, onde pude expor meus pontos de vista e para minha felicidade, alguns similares.
    O déficit habitacional no Brasil é muito grande.
    Nosso sistema financeiro muito criterioso na liberação do crédito.
    Depois da mudança para Alienação Fiduciária melhorou bastante e deu ainda mais sustentação ao mercado.
    Enfim, o mercado é grande, estamos em franco crescimento sustentável.
    O assunto é polêmico e atitudes como a sua, ajudam a esclarecer.
    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  7. Olá Guilherme. Acompanhei seus tuítes. O importante agora é esclarecer o público em geral dos conceitos, fatos e visão de futuro, sobre uma eventual bolha. Um grande abraço. edvaldo

    ResponderExcluir

Deixe aqui seus comentários, críticas e sugestões...
Todos os comentários são lidos e moderados.
Grato!