10 de outubro de 2011

Treinamento técnico em energia solar fotovoltaica (Curitiba)


2 comentários:

  1. Olá, estava explorando seu blog, e achei interessante a forma com que você tem uma visão de futuro sobre construção.
    Você acha que pelo avanço da construção civil, a venda de cimento vem aumentando nos últimos meses ou com o passar do tempo a venda de cimento diminui pela questão ambiental?

    ResponderExcluir
  2. Difícil avaliar se o consumo de cimento no Brasil irá cair nos próximos anos (visão de 5 a 10 anos). Este insumo ainda é o principal item de consumo entre os materiais de construção. E, nos últimos anos houve um crescimento intenso. Algo em torno de 50 milhões de toneladas, que representa 71% da capacidade instalada que hoje é de 63 milhões de toneladas.

    Os principais sistemas construtivos substitutos que tenho observado no país também são de base cimentícia. Existem várias instituições, como a ABCP, que desenvolvem soluções para atender o setor.

    Mas, concordo contigo que a pressão por qualidade e meio ambiente (legislação e fiscalização) vai aumentar muito e produtos a base de resíduos ou reciclados terão espaço. Assim como materiais renováveis e produtos naturais.

    Creio que uma mudança que venha a substituir um material com tal importância no Brasil seria muito mais pela incapacidade de atendimento da indústria ou por uma forte pressão dos consumidores finais.

    Obrigado pelo comentário.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seus comentários, críticas e sugestões...
Todos os comentários são lidos e moderados.
Grato!