ANALFABETISMO NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CAIU 60% EM 10 ANOS

By | quarta-feira, setembro 08, 2010 Leave a Comment

Comemora-se hoje o Dia Internacional da Alfabetização. Dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) do Ministério do Trabalho e Emprego revelam que o percentual de analfabetos no setor da construção civil diminuiu mais de 60% nos últimos dez anos.

No ano 2000, o número de trabalhadores analfabetos era de 29 mil em um universo de 1,1 milhão, ou seja, 3%.
Já em 2009, último dado da série histórica da Rais, aproximadamente 23 mil trabalhadores, num total de 2,2 milhões, que não sabiam ler nem escrever, o que representava 1% do universo de operários da construção.
A redução desse índice conta com a contribuição do setor da construção. Empresários e entidades ligadas ao segmento têm promovido, há alguns anos, em todo o país, programas de alfabetização e aperfeiçoamento educacional como forma de reduzir esse cenário histórico da mão de obra empregada nos canteiros.
Para o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Paulo Safady Simão, a modernização do setor exige trabalhadores mais qualificados, com um novo perfil e que sejam capazes de assimilar as novas técnicas construtivas.
“É necessário erradicar o analfabetismo e elevar a escolaridade dos nossos trabalhadores. Desse modo, contribuiremos para a melhoria da qualidade de vida dos empregados, para a redução do número de acidentes, elevando a eficiência do trabalho e proporcionando uma redução de desperdícios e perdas nos canteiros de obras”, comenta Paulo Simão.
Clique aqui para acessar experiências bem sucedidas no Rio de Janeiro, no Ceará, em São Paulo e no Distrito Federal.

Fonte: CBIC - Câmara Brasileira da Indústria da Construção
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial