PEQUENAS EMPRESAS DO SETOR IMOBILIÁRIO E CONSTRUÇÃO PRECISAM ENTRAR IMEDIATAMENTE NA ERA DA INTERNET

By | quarta-feira, novembro 03, 2010 Leave a Comment
Nas discussões com amigos, clientes e rede de parceiros, ainda fico surpreso com a pouca importância dada à internet, às redes de relacionamento digitais e às mídias sociais.Nosso país é o 5º no ranking mundial em número de conexões á internet. Nas áreas urbanas, 44 % da população está conectada. Somos os líderes em tempo de navegação, com cerca de 50 horas mensais. E, em 2012, nossa população terá cerca de 100 milhões de computadores.



Quantos às mídias sociais o número de visitantes também é impressionante. Observe:

  • Orkut (30 milhões);
  • Windows Live Profile (12, 5 milhões);
  • Facebook (9 milhões); e
  • Twitter (8,6 milhões).


E SUA EMPRESA, INVESTE NESTAS FORMAS DE NETWORKING E MÍDIAS SOCIAIS PARA ATINGIR RESULTADOS? LEMBRO QUE A CONTRAÇÃO DE WEB DESIGNERS, TER UM SITE E A COMPRA DE BANNERS OU LINKS PATROCINADOS EM UM PORTAL DE BUSCA DE IMÓVEIS SÃO INSUFICIENTES.

Bom começo, claro. Mas, em geral o investimento no chamado marketing “on line” é praticamente nulo e pode ser perigoso investir na internet sem um bom planejamento e estrutura adequada. Prepare-se para atender bem e rápido seu cliente. Caso contrário, certamente ele irá em busca de novas opções.

Existem inúmeros sites de empresas com número reduzido de acessos e cuja estrutura  pouco agrega aos clientes e aos negócios. Para nossa surpresa, existem sites onde mesmo os telefones e endereço de contato estão desatualizados.

Abaixo, dou algumas dicas de como aplicar o marketing “on line” em sua empresa, com custo reduzido:

  • Usar o marketing viral utilizando-se das mídias sociais adequadas. Ex: um vídeo de seu empreendimento no youtube, que possa ser compartilhado no twitter, blog e facebook;
  • participar em mídias sociais com credibilidade e que possam trazer resultados para seu negócio. Avalie o perfil de sua empresa x perfil da mídia social;
  • fazer uso de sua assessoria de imprensa, motivando-o a usar a internet. Caso sua empresa ainda não tenha uma, contrate por projeto (ou empreendimento);
  • aplicar e monitorar o e-mail marketing e que não configurem SPAM;
  • otimizar o seu site para ficar “no topo do google”, usando o “Search Engine Optimization”;
  • integrar as mídias tradicionais com as mídias sociais.  Ex: divulgar em um jornal impresso o endereço de contato para um chat “on line” de suporte a venda de imóveis;
  • pesquisar e monitorar intensamente o perfil de seu consumidor nas diversas redes de relacionamento e entender as suas necessidades;
  • não descuidar da sua marca. Dê a devida atenção à ela. Deixar fotos atualizadas, cuidar com a ortografia... Ex: nada de “ovinho ou pássaro” na foto do twitter.
  • monitorar o que estão falando de sua empresa e seus produtos nas mídias sociais;
  • sua empresa já tem um blog? É uma ótima forma de interagir com clientes. Tem baixo custo, mas exige tempo e dedicação; e
  • sua empresa já usa o google analytics? Caso negativo, já está na hora de aprofundar-se no assunto.
Hoje muitas empresas estão sendo lideradas por empreendedores jovens e cheios de garra. E, que percebem a força da internet. A cultura empresarial do século XX na qual a internet ainda não era percebida como ferramenta de negócios e de grande alcance mudou. Agora o cliente dá o tom da conversa e ajuda a construir a sua marca e utiliza-se das mídias sociais e internet para falar de sua empresa, seja para o bem ou para o mal.

Se, por ventura, você desconhece alguns termos citados acima, é motivo de atenção e preocupação. Existem empresas que ainda não acordaram, mas ainda há tempo...  pouco tempo... para inserir-se no meio digital.

Pensem nisto! 


Artigo elaborado para o blog parceiro - INSTITUTO IBEI.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial