Feira de Imóveis 2015, da Ademi/PR, teve público de 16 mil visitantes

By | quarta-feira, setembro 02, 2015 Leave a Comment
Um público com conhecimento sobre o mercado e altamente motivado para a compra do imóvel, na planta ou pronto para morar. De acordo com a presidente da Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi/PR), Aline Perussolo Soares, assim pode ser caracterizado o público de 16 mil visitantes que passou pela 24ª Feira de Imóveis, realizada de 26 a 30 de agosto, no Expo Renault Barigui, em Curitiba.



“O movimento cresceu cerca de um terço em relação à edição anterior. Ainda estamos apurando os dados, mas acreditamos que o volume de negócios encaminhados e efetivados no evento supere nossa expectativa de R$ 50 milhões”, analisa Aline. A feira imobiliária reuniu em torno de 30 construtoras, incorporadoras e imobiliárias que apresentaram próximo de 20 mil imóveis novos e usados em Curitiba e Região Metropolitana. Também estiveram presentes bancos e empresas de consórcio imobiliário.

O diretor de negócios da Tecnisa, João Auada, disse que a empresa teve um volume muito grande de atendimentos. “No sábado tivemos 80 atendimentos muito qualificados, para apartamento de R$ 300 mil a R$ 1,5 milhão. A gente tem uma expectativa de conseguir R$ 10 milhões em negócios oriundos da feira”, comentou. 

João Auada 
O diretor-superintendente da PDG, Rafael Camargo, disse que os imóveis com preço de R$ 280 mil a R$ 800 mil, no Ecoville, foram os mais procurados no estande da empresa, e que a expectativa é de viabilizar aproximadamente R$ 8 milhões em negócios captados na feira, nas próximas semanas. “Os clientes foram muito mais qualificados. Teve mais conversão de vendas do que nos anos anteriores”, comentou.

Rafael Camargo
O gerente de vendas da Vanguard Home, Marco Linhares, disse que empresa fechou 12 negócios nos cinco dias do evento, e conta com um cadastro de 120 clientes para prospecção. Ainda, destacou que as vendas realizadas foram para imóveis de dois e três quartos, com preço em torno de R$ 290 mil, meio a meio entre prontos para morar e na planta. “O público que esteve nessa edição da feira demonstrou estar procurando um imóvel há mais tempo”, avaliou.

Marcos Linhares
As imobiliárias também ficaram satisfeitas com o movimento da Feira de Imóveis 2015. Segundo o gerente da JBA Imóveis, Emerson Kimura, a procura foi bastante variada, compreendendo imóveis de R$ 250 mil a R$ 1,5 milhão, a maioria prontos. Entre os apartamentos, lideraram a procura os bairros Campina do Siqueira, Centro Cívico e Mercês. Para sobrados, o destaque foi para Jardim das Américas, Uberaba e Santa Cândida. “Vários corretores atenderam clientes no evento que agendaram a visita ao imóvel para o dia seguinte”, comentou.

Emerson Kimura
Nova formatação – Em sua 24ª edição, a Feira de Imóveis da Ademi/PR trouxe diversas inovações, a começar pela disposição dos estandes no pavilhão. Na avaliação dos expositores, a mudança foi positiva. “A nova formatação ficou bem interessante porque deixou o evento com mais cara de feira”, opinou o gerente de vendas da Vanguard Home, Marco Linhares.

O diretor de negócios da Tecnisa, João Auada, disse que repetiria a fórmula. “A feira ficou mais aberta, ampla e clara. Antes ela não permitia isso, era muito compartimentada. Inclusive, a mostra foi integrada à parte do externa do ambiente que é muito bonita. Ficou uma feira leve e agradável”, argumentou.

A mostra ainda contou com Food Truck, espaço kids, shows, oficina gourmet para as crianças e uma programação de palestras com dicas de negócio, aberta ao público e gratuita, que aconteceu simultaneamente à exposição. Foram abordados assuntos como finanças pessoias, negócios, documentação, manutenção do imóvel, arquitetura, decoração e sustentabilidade.

“Eu gostei muito que agora incluíram as palestras. Os assuntos foram muito bem distribuídos e o nível dos palestrantes foi excelente. Tomara que sempre continue assim, gratuito e com os assuntos bem variados”, avaliou a visitante Elizabeth Kern.

A 24ª Feira de Imóveis teve o patrocínio máster da Caixa Econômica Federal; patrocínio do Banco do Brasil, Sanepar, Compagas e Sinduscon-PR; apoio de Todeschini, Laguna, Alupar, DCL, NPK e Alubauen. A realização foi da Ademi/PR e a organização da MarkMesse. 

Crédito fotos: Eneas Gomez.

Fonte: contato@memilia.com (Maria Emilia Staczuk)
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postar um comentário

Comente com sua conta do Facebook