Construção : a importância da marca!

By | sábado, julho 24, 2010 2 comments
Por dois anos pude atuar no setor da moda, em paralelo ao da construção civil. Foi um período de grandes aprendizados. Um deles foi sobre a importância da MARCA. Muitas empresas optam por serem fornecedoras de serviços e insumos, "abrindo mão de ter sua marca" reconhecida pelos consumidores. Reforço que isto não é um problema, desde que esteja alinhado com a estratégia da empresa.
Mas, para aquelas empresas que precisam ter sua empresa reconhecida por clientes e prospects, em um mercado cada vez mais competitivo, gerir suas marcas é fundamental. Não são somente automóveis, eletro-eletrônicos e roupas que possuem gestão de marcas. Empresas como Rossi, Tecnisa, Plaenge, Irmãos Thá, Hugo Peretti, Giacomazzi, para citar apenas algumas delas, despertam emoções, desejos, sonhos... e tudo isto colabora para a construção da personalidade da marca. Comprar um imóvel a priori é um processo racional, mas é também marcado pelo aspecto emocional. O sonho está presente e as empresas sabem disto!
Marca não é só um nome. Pode transmitir simbolismo, valores, estilo e conceitos. O chamado "branding" e as diversas  formas de gerenciá-las tem sido meu objeto de estudo também. Lembro que apesar da subjetividade de uma marca, é preciso posicioná-la, para que ela reflita conceitos e valores que a empresa deseja passar.  
Agora, como fazer para diferenciá-la?  Como fazer para agregar valor a marca? Pense em sua empresa: Se você fosse vendê-la hoje, a marca teria valor monetário? Ou somente os recursos físicos? A marca é um ativo importante e deve ser bem administrada. Lembro que em muitos casos ela pode valer mais que os demais ativos da empresa. Mas, isto é feito no longo prazo. Ela não se constrói sozinha e deve ser gerida com eficiência. O empresário precisa estar disposto a monitorar a marca com os clientes, fornecedores e parceiros. 
Em nosso caso, que somos apaixonados pelas redes sociais (youtube, orkut, twitter, facebook, etc.), sabemos da importância de que a marca esteja em conformidade com seu posicionamento estratégico. Vemos muitas ações que poderiam ser melhor geridas pelas construtoras, incorporadas e imobiliárias. Ações simples e que trariam um resultado a curto prazo e com baixos investimentos. Pequenos cuidados como não deixar o twitter sem uma foto ou logo da empresa, um blog sem atualização a vários meses, não responder aos questionamentos dos clientes, site sem informações de contato... é só navegar um pouco na rede e observar a falta de cuidado de várias empresas com suas marcas.
Pensem nisto!

Se quiser saber mais sobre o assunto, leia este post.



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Postar um comentário

Comente com sua conta do Facebook